Governo Provincial da Huila

Mensagem do Governador

  1. HUÍLANAS E HUILANOS,
    CAROS COMPATRIOTAS,

    Os destinos da Província da Huíla, tendo em conta a confiança que Sua Excelência Senhor Presidente da República, Engº José Eduardo dos Santos, depositou em nós, está nas nossas mãos. Com a bênção e a protecção divinas, seremos capazes de concretizarmos, gradualmente, os projectos gizados, visando o desenvolvimento multifacético desta nossa bela e portentosa Província da Huíla, que, como é consabido, é, potencialmente, rica, em muitos domínios.

    Sabemos o que queremos e para onde vamos, na base das sábias e clarividentes orientações do Senhor Presidente da República de Angola, que, em todos os momentos, tem sabido interpretar os anseios e os interesses do povo angolano, de Cabinda ao Kunene.

    Continuam a soar, fortemente, nos nossos ouvidos, as orientações que nos deixou, aquando da sua última visita à Província da Huíla, nos finais de Agosto de 2012, que nunca devem ser esquecidas:

    “A Província da Huila tem um elevado potencial agrícola, industrial e turístico que pode conferir-lhe um papel decisivo no desenvolvimento do nosso País. A agricultura de capital intensivo, seja em perímetro de regadio ou de sequeiro, encontra aqui condições excelentes e a Huila pode converter-se num celeiro para a constituição de reservas alimentares de todo país”.

    Essas palavras, para além de serem encorajadoras, constituem um reconhecimento do esforço abnegado do empresariado local em contribuir para o engrandecimento da Província da Huíla, em particular, e de Angola, em geral.

    Nós, os Huilanos, temos uma rica tradição de sermos promotores da paz e da reconciliação; somos, por esse facto, um povo acolhedor e trabalhador que, de mãos dadas e com as mangas arregaçadas, se empenha, de uma forma abnegada, na luta pela transformação da nossa Província num espaço territorial de referência não só devido aos progressos, nos domínios económico, social e cultural, mas também devido à nossa capacidade de saber viver e conviver na diferença, o que transforma os Huilanos em construtores da unidade na diversidade.

    Com efeito, a Província da Huíla apresenta-se, hoje, como uma Província com uma diversidade etnolinguística, racial e cultural. A sua beleza tem origem nessa diversidade cultural, que deve ser preservada e valorizada. O segredo da nossa vitória, ao lançarmos os alicerces da reconciliação e unidade na diversidade reside no respeito e na apreciação da diferença. Por isso, exorto as huilanas e os huilanos a continuarem a dar esse exemplo de patriotismo e de civismo, para o engrandecimento do nosso País, em geral, e da nossa Província, em particular.
    Imbuídos desse espírito, engajemo-nos na reconstrução e na construção material e espiritual da nossa Província que, também, merece ser “um bom lugar para se viver“.

    Bem Haja!

    JOÃO MARCELINO TYIPINGE,
    GOVERNADOR PROVINCIAL.